Abertura ENF2017: Chamados a testemunhar as maravilhas de Deus

A missa de abertura do Encontro Nacional de Formação (ENF) foi presidida nesta quarta-feira (25), por Dom Alberto Taveira, e concelebrada por sacerdotes que estão participando do encontro. No início da celebração, a presidente do Conselho Nacional da RCC do Brasil, Katia Roldi Zavaris acolheu a todos econvidou a festejar o Jubileu de Ouro da RCC.
A liturgia celebrada foi sobre a conversão de São Paulo Apostolo. Durante a homilia, Dom Alberto ressaltou a importância da autêntica conversão e a necessidade de sentir gratidão à Deus por seu chamado.
O bispo também ressaltou alguns fatos sobre São Paulo, como seu constante anúncio da certeza da ação no Espírito Santo na Igreja, seu ensino sobre os carismas, sua doação de vida como mártir e homem do Espírito.
Durante a homília Dom Alberto fez dois desafios aos participantes, o primeiro é que tivessem a coragem de dar testemunho de vida, de contar em primeira pessoa as maravilhas que Deus realizou em sua vida. E também assim como Paulo a ousadia de falar sobre sua época de perseguidor (da Igreja e dos cristãos). O segundo desafio foi que, assim como apóstolo, todos tivessem a coragem de ser missionários e se doar pelos irmãos, e que não participassem desse ENF somente por si mesmos, mas pelo contrário, que essa participação seja pelos irmãos, pelo Grupo de Oração, pela Igreja. E reforçou: ai de mim se eu não evangelizar! (cf. I Cor 9, 16).
O bispo encerrou a homilia com o seguinte propósito: “faça um momento de reflexão, de recolhimento pessoal e confronte sua vida com a de Paulo”.
Fonte: Site RCC Brasil
Compartilhe



Deixe um Comentário

Powered by themekiller.com